01/10/09

O Comércio Eletrônico (Vendas Online) crescerá em 2009

Noticias
Comentários




comercio-eletronico

Até o final do ano serão quatro milhões de novos consumidores. Valor médio das compras na rede deve passar de 323 reais para 346 reais.

As operações de comércio eletrônico no Brasil devem encerrar 2009 com um faturamento estimado de 10,5 bilhões de reais e cerca de 11,5 milhões de compradores online. Os números foram apresentados nesta quarta-feira (30/9), durante o Seminário e-commerce para Pequena e Média Empresa, realizado pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) em conjunto com a Camara-e.net.

Segundo a superintendente de marketing da ACSP, Sandra Turchi, o valor médio das compras online efetuadas até agora é de 323 reais. Para o Natal, diz ela, a tendência é que a média chegue a 346 reais, com 4 milhões de novos compradores online.

Para Sandra, a facilidade de a classe C obter cartões de crédito e parcelar as compras pela web foram elemento importante para estimular o comercio digital. Além disso, acrescenta, o prazo para pagamento costuma ser mais longo do que nas lojas físicas.

Segundo a ACSP, enquanto 90% das grandes empresas utilizam a web para fazer negócios, apenas 7,1 em cada dez pequenas e médias empresas contam com essa linha de negócios. Sandra afirma que é fundamental para s PMEs explorarem a economia digital, já que hoje 80% da renda obtida em comércio eletrônico é realizada pelas grandes empresas. A meta das PMEs é crescer entre 20% e 30% até 2010.

Sandra afirma, porém, que apenas oferecer a possibilidade de comercialização via internet não basta, e é necessário inovar dentro do leque de opções existentes e destaca, por exemplo, o uso de catálogos, listagens, oferta de suporte técnico e participação em redes sociais. Para Sandra, “a melhor maneira de encontrar o cliente é ser encontrado por ele”.

Fonte: PC World

Leia Também

Compartilhe

nenhum comentário
    Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!
Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro

RSS

RSS