30/05/12

Novo malware chamado Flame aterroriza Oriente Médio

Artigos, Noticias
Comentários




Nessas últimas semanas, um vírus chamado Flame se alastrou pela internet e veio causando muitas preocupações em vários países do Oriente Médio. Até a ONU (Organização das Nações Unidas) ficou alerta sobre esta nova ameaça que vem causando muita polêmica nos últimos dias. Segundo um especialista de malwares da Kaspersky, o vírus Flame não esta atrás de informações ou dados de usuários de internet comuns, mas sim, de coisas mais importantes. Disse o especialista Vitaly Kamlyuk:

“Eles não se preocupam em atacar computadores ou acessar informações pessoais de quem quer que seja, apenas transforma as máquinas em um espécie de janela, em que todos podem ver o que está se passando”

Você já pode ter percebido que o vírus Flame, ou melhor, o seu criador não esta de brincadeira e que isto se trata de um assunto muito sério. Alguns especialistas da Kaspersky acreditam que o vírus Flame não foi criado por uma pessoa ou um grupo de hackers, mas sim, por um próprio país.

De acordo com Kamlyuk, pode-se dizer que o alvo do vírus é um outro país, também do Oriente Médio, o Irã.

Considerando que o Flame é de grande preocupação, a ONU já alertou os países membros sobre o perigo, afirma:

“Este é o (cyber) alerta mais sério que já emitimos. Eles devem ficar alertas.”

O vírus é usado para espionar sistema de outros países, mas ele também tem capacidade de atacar tais sistemas. Flame esta sendo levado muito á sério que, especialistas concordam que ele é mais perigoso do que o Stuxnet, malware que atacou o programa nuclear do Irã em meados 2010.

Se protegendo do Flame

A Kaspersky, depois de um bom tempo de estudo e análise do vírus, criou uma ferramenta que, caso um usuário esteja infectado, poderá remove-lo apenas usando o Flame Removal Tool. A ferramenta é compatível com quaisquer seja o seu antivírus, pois ela apenas irá fazer um profundo escaneamento no seu sistema. Baixe a ferramenta clicando aqui.

Leia Também

Compartilhe

nenhum comentário
    Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!
Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro

RSS

RSS