22/07/10

Google não quer pagar ao Jornalismo para salvar a indústria

Noticias
Comentários




Vários de vocês já devem ter lido em algum canto que a web é uma indústria que pode acabar com o mercado do jornalismo televisivo. Segundo nota recente, surgiram propostas de criações de taxas e restrições legais para a utilização de conteúdo jornalístico por serviços do Google. Porém, o Google enviou um documento de resposta à tudo isso nessa terça-feira, recusando diversas propostas, inclusive a que parece ser a principal, citando a criação de taxas para uso de conteúdo jornalístico.

O Google, com ótimos argumentos, citou que a empresa envia mais de 4 bilhões de cliques por mês à editoras de notícias, enviando aproximadamente 100 mil visitantes por minuto a sites de notícias, que podem aproveitar tal tráfego com anúncios, registro de usuários e cobranças por acesso a conteúdo, além de outras diversas formas de rentabilizar esse mercado.

Parece que a indústria jornalística, com medo de falir de vez, está querendo lucrar com meios completamente “anormais” e, é claro, contam com a boa vontade do gigante Google para isso. Mas parece que, uma hora ou outra, essa indústria realmente pode fechar as portas, ou almejar lucros muito menores do que os já obtidos há alguns tempos atrás.

Leia mais no IDG Now!

Leia Também

Compartilhe

nenhum comentário
    Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!
Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro

RSS

RSS