01/10/09

Confira os altíssimos preços do Windows 7 original no Brasil

Noticias
Comentários




windows7ultimate

Vazou e a Microsoft Brasil confirmou os preços do Windows 7, que será lançado em 22 de outubro. O pacote básico vai custar 329 reais, já o Premium sai por R$ 399, o Professional por R$ 629 e o Ultimate R$ 669.

Nos EUA, o Premium custa US$ 119 o que daria R$ 214 pela conversão do dólar de hoje (R$1,79). Já o Pro ficaria em R$ 358 e o Ultimate custaria R$ 393,8.  No caso do Ultimate, cerca de 70% mais caro.

Vale lembrar ainda que no Brasil não haverá o pacote família com três licenças do Home Premium, como acontece em outros países.

Eu fico abismado quando vejo este tipo de coisa acontecer: parece que as grandes empresas como a Microsoft ainda “não se tocam”: por que não diminuir o valor e diminuir assim a pirataria? Todos sabem que, uma hora ou outra, o Windows 7 estará disponível gratuitamente nas mídias móveis de grande parte dos brasileiros. Eu, por exemplo, nunca vou querer adquirir um Sistema Operacional por 329 reais. Quando não tiver opção de escolha, vou-me logo para o Linux.

Quando será que as grandes empresas começarão a baixar os preços destes produtos? E outra: quando o Brasil vai se ligar que precisa baixar os preços também? Todos saem ganhando quando isso acontece, inclusive as empresas que importam o Windows 7 do exterior para vender aqui, uma vez que a quantidade de venda pode aumentar. Vamos se mexer, galera! Enquanto isso não melhorar, tasquem logo a pirataria ou o Open Source e vivam felizes. Essa é a minha recomendação do dia.

Leia Também

Compartilhe

13 comentários
  1. 1 Knightem 2/10/2009 às 06:34

    É sempre assim…seja com esse seven seja com as plataformas de jogos…sempre muitooo mais caro…e digo mais…comprar piratex nao compro…a única maneira de isso parar de acontecer é fazer boicote ao seven aki no brasil…mas como tem ser humano que nao aguenta…ou corre pra comprar o piratex ou o original…ai nao rola mesmo…mas se muitos, mas muitos boicotacem esse seven.. ai o bill ia ver os numeros e pensava num novo preço….sonhar não paga né….então se submetam pq meu dinheiro nao aceita desaforo….dei minha opiniao.

  2. 2 Bodockem 13/10/2009 às 09:10

    Olha. Também já tive essa opnião, mas hoje trabalhando na área administrativa, sou obrigado a colocar algumas observações.
    1 – O produto que uma empresa vende tem que cobrir os gastos de produção e pagar os salarios(que não são baixos) de todos os funcionários da empresa(Microsoft).
    2 – Justamente essas cópias “Piratas” tb entram no cálculo de composição do preço do produto. Ou vocês acham que a microsoft não calcula a perda de vendas devido à pirataria? Aí está o X da questão. Pq será que no Brasil os Softwares são mais caros? Seria pq somos um dos campeões de pirataria no mundo? “pensem nisso”
    3 – Do jeito que está agora não temos argumentos para exigir diminuição de preços. Se parássemos de piratiar e voltássemos a exigir, garanto que os resultados seriam muito mais animadores. Disso vocês podem ter certeza.

  3. 3 silverfoxem 11/11/2009 às 17:09

    Se eles fizessem preços justos, não haveria nem metade da pirataria que existe hoje

    EMPRESAS burras, destroem a si mesmas.

  4. 4 Natanem 5/4/2010 às 01:12

    Na minha opinião o pessoal da microsoft que teria que dar a iniciativa de diminuir os preços, para ver ao menos se a pirataria diminui-se !
    Bom, essa foi minha opinião sei que não faz muita diferença … Penso assim … Obrigado !!

  5. 5 Natanem 5/4/2010 às 01:16

    Ah! … Uso windows Pirata desde que aprendi a Formata meu próprio PC … E enquanto não mudarem vou continuar usando !!… O Dono da Microsoft já esta rico pra “caramba” e ainda os preços deixa lá em cima !! PQP!!

  6. 6 Julioem 24/8/2010 às 18:53

    Quem nasceu primeiro o ovo ou a galinha? Será que os preços são altos porque somos campeões de pirataria ou piratemaos porque os preços são altos. Na minha opinião nem uma coisa nem outra, é uma questão de egoismo mesmo. O Bill falou que iria se desfazer de parte de sua furtuna, juntamente com outros milionário em prol dos nescessitados, não seria melhor ele vir até o Brasil e outros países que utilizão muito os produtos windows e fazer uma campanha de distribuição de softwares para população carente, para quem pode seria cobrado um preço justo, aposto que todos veriam-no com outros olhos. Mas será que as importadoras brasileiras aprovariam isso, sei lá.

  7. 7 Rodem 29/10/2010 às 10:39

    Realmente como dito,a pirataria existe para produtos bem visados e caros.
    Em países emergentes a situação é ainda maior.Aqui a pirataria é que “manda”!
    Se essas empresas “queridinhas” analizarem bem,poderão combater a pirataria de uma maneira simples.
    Os altos preços faz com que os espertos aproveitem da situação e lançam seus produtos copiados e as vezes até com algo a mais,o que pode ser perigoso.
    Imaginem o Windows 7 à R$80 – 100.Quem iria correr atrás de piratas?
    Mas o que muitos não enxergam é que pagamos mais impostos e de valores maiores do que em países ricos.Nossos “queridos governantes” são os culpados.

  8. 8 kebekem 2/11/2010 às 03:43

    A questão não é preço e sim cultural, exemplo: não é porque não posso comprar um carro que eu vou roubar, enquanto você continuar a pensar que é muito caro você pode usar o linux! então tudo isso não passa de desculpa para não pagar, afinal culturalmente nossa sociedade da mais valores para os trapaceiros, não estou defendendo nenhuma empresa mas sim a ética.Questão se você fosse um desenvolvedor e criasse um sistema tão bom quanto o Windows e as pessoas começassem a copiar e você não visse um tostão deste dinheiro, a pimenta sempre arde nos olhos dos outros.

  9. 9 O que importa..em 14/12/2010 às 23:59

    Questão de ética? profissionalmente sim acho que tudo deve ser regularizado, nos padróes conforme o que dice nosso amigo kebek, mas para uso doméstico… se quero ter um SO Ultimate e não tenho condições de pagar 669 $, sou obrigado eticamente a ter outro sistema operacional? mas e se tenho a oportunidade de usufruir do sistema pirateando a quem prejudicaria com isso? A Bill Gates? A vc que é tão eticamente perfeito? se é tão ético porque compra no paraguai? não se livra de impostos como todos nos? Não acham um abuso tantos impostos e ter que pagar mais caro que os proprios americanos? a opção é minha, não quero mostrar desculpas, não quero generalizar os fatos, me disculpem se sou grosso, use quem quer, pague quem quer mas não se esqueçam de ajudar aos que realmente precisam seus bando de safados kkk

  10. 10 Monica Leticiaem 21/2/2011 às 17:03

    A Microsoft é f… mesmo!
    Enquanto milhões de pessoas usam software pirata/crackiado, um terço compra e usa o original.

    Apesar de que os produtos que aqui chegam, vêm com impostos abusivos..

  11. 11 Kem 27/8/2011 às 21:18

    A pirataria só vai acabar quando o original for MAIS barato que o pirata.

  12. 12 Tiagoem 18/11/2011 às 23:27

    Para quer eu quero o windows original sendo qii o pirata é a mesma coisa.Peguei o meu quando tava ainda em teste e nunca deu defeito meu sistema..Isso é meio de explorar as pessoas.

  13. 13 Andersonem 27/7/2012 às 00:48

    Porra isso e muito caro, se voces baixassem o valor do windows para o valor do pirata iriam vender muito bem mas do que ganham hoje…e muito mais…

Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro

RSS

RSS