10/06/09

Características do notebook Dell Inspiron 15 tem até Blu-ray

Noticias
Comentários




1

O leitor de Blu-ray saiu do Olimpo, virou padrão nos laptops multimídia topo de linha e agora está chegando também a modelos modestos, como o Dell Inspiron 15. Mas não se engane pela carcaça simples e pelo preço atrativo de 3 999 reais: de básico, o notebook não tem nada. Olhando friamente para cada componente, a diferença dele em relação aos micros poderosos já disponíveis no Brasil (como o Sony Vaio FW270AE) é a placa de vídeo, aqui uma controladora integrada. Em suma, é o suficiente para assistir filmes com ótima qualidade, deitadão na cama, e realizar sem aperto aquelas tarefas de todo dia.

Com 15 polegadas de tela, esse Inspiron é o que se pode chamar de substituto de desktop. Principalmente porque o display é mais largo que o convencional, com resolução máxima de 1 336 por 768 pixels. Como se pode imaginar, é uma maravilha para colocar tabelas do Excel lado a lado ou usar vários programas de uma vez, dividindo a área de trabalho. No entanto, passa longe do ideal para curtir toda a qualidade do Blu-ray. Aí você pensa: “OK, mas eu posso ligar esse lindo portátil à minha televisão gigante full HD, fazendo dele um player”. Infelizmente, não, pois o micro fica devendo a saída HDMI.

Se você estiver conformado, ligue umas caixinhas de som ao notebook para ver filmes com qualidade muito melhor que a de um DVD e seja feliz. Para quem não é muito exigente, dá até para ouvir os efeitos sonoros do vídeo pelo próprio laptop, mas não espere nada além de um padrão de rádio FM. Tecnicamente falando, o volume máximo quase ultrapassa o suportável para ouvidos humanos, chegando a 87 dBA. Porém, nessas condições, o áudio distorce um pouco. Além disso, faltam graves. Para um micro com Blu-ray, o som deveria ser mais encorpado.


dell-inspiron-1545-2

Máquina de respeito

O Dell Inspiron 15 prima pelo equilíbrio nas configurações, adequadas para essa categoria. Ele é baseado no processador P8400, de 2,2 GHz, que vem acompanhado por disco rígido de 320 GB e memória de 4 GB no padrão DDR2 de 800 MHz. A grande mancada foi colocar tudo isso para rodar com Windows Vista Home Basic de 32 bits. Ou seja, você praticamente joga fora 1 GB de memória, pois apenas uma versão de 64 bits aceitaria essa quantidade de RAM. O conjunto obteve nota 3,8 no Índice de Experiência do Vista, marca limitada pela placa de vídeo integrada Intel GMA 4500 HD.

Os benchmarks mostram exatamente o que esperávamos na primeira impressão. No PCMark Vantage, que avalia o desempenho geral, a máquina fez 3 520 pontos, um resultado dentro da média dos modelos avançados com Blu-ray avaliados recentemente. Mas no 3DMark06, que testa a performance do notebook com gráficos, o modelo fez apenas 1 002 pontos, três vezes menos que o Sony Vaio FW270AE, por exemplo. Em jogos, os resultados foram bem ruins – a média de quadros por segundo no Call of Juarez foi de apenas 1,6, para se ter uma ideia.

Outro quesito no qual o laptop deixa a desejar é a autonomia da bateria. Ela agüentou apenas 78 minutos de trabalho intenso no INFOLAB, enquanto o concorrente da Sony anotou 100 minutos. Na conectividade, a máquina tem o básico: Wi-Fi no padrão 802.11n, Bluetooth 2.1, leitor de cartões, slot para Express Card e três portas USB. O problema é que as duas USB laterais ficam muito próximas ao conector de energia – se você tiver um pen drive grandalhão, não conseguirá conectá-lo. Falta uma entrada FireWire e interface de rede Gigabit Ethernet. Mas o pior mesmo é que a única saída de vídeo é no formato VGA.

Ergonômico e bonito

Como todo bom substituto de desktop, o Inspiron 15 possui teclado confortável, porém convencional. Os botões são juntinhos, mas, como têm chanfros, a divisão entre eles é notável somente pelo tato. A disposição das teclas é a melhor possível, no padrão ABNT-2, com acentos e cedilha em seus devidos lugares. Já o touchpad não é dos mais sensíveis (bem parecido com o usado na linha XPS) e, se fosse um pouquinho maior, não faria mal a ninguém. Pelo menos os botões para comandar o cursor são macios.

As formas do notebook tendem para o arredondado em todos os cantos. Isso é especialmente legal na base de apoio para o pulso, pois não machuca quando você fica bastante tempo digitando. Não temos nenhuma reclamação quanto à ergonomia. O micro é legal tanto para usar sobre a mesa quanto para trabalhar com ele no colo. Pelas dimensões avantajadas, até que a máquina não é tão pesada: tem apenas 2,6 quilos.

O acabamento é simples. A tampa é preta fosca, parecendo aquele estilo emborrachado. Mas, por dentro, a pintura é brilhante. Não dá para negar que é bonito, mas o black piano na parte interna deixa a máquina toda emporcalhada com marcas de dedos em cinco minutos de uso. Enfim, é a moda, quer você goste ou não – para nós, ela já poderia ter passado. Mas a maior chatice é a tela excessivamente brilhante, assim como as bordas, que ficam refletindo a luz do ambiente enquanto você trabalha ou assiste algum filme.

Fonte

Leia Também

Compartilhe

5 comentários
  1. 1 NELSON ROSAem 23/11/2009 às 21:13

    meu dell inspiron 1545 core 2 duo 4 gh é bom,mas qdo começo a digitar,derepente o cursor volta aleatoriamente e o texto digitado fica todo confuso.Já me conectei com a DELL e estou aguardando resposta.Aviso:Muitos que adquiriram esta máquina estão com o mesmo problema.Se alguém puder me ajudar,desde já agradeço.Abraços.Nelson

  2. 2 Cristinaem 6/12/2009 às 17:00

    Nelson, amigo, isso já aconteceu comigo e advinhe só, isso ocorre porque, durante a digitação, sem querer alguns dos dedos tocam o “touchpad” e o cursor vai para outro lugar! Pode observar que é isso que ocorre!! Abraços!!

  3. 3 Marianaem 7/12/2009 às 12:14

    isso também esta acontecendo comigo! comprei esse modelo ai na sexta e percebi que muitas vezes quando estou escrevendo e-mail ou trabalhos, quando estou digitando muitas letras não saem, mesmo eu apertando… e o cursor mudando também, um saco, as vezes tenhoq digitar algumas letras com mais força pra que elas saiam… ainda tenho até quarta pra levar na loja pra trocar o aparelho, será que eu faço isso?

  4. 4 José Costa Netoem 30/9/2010 às 10:50

    Isto também acontece toda hora comigo, e já reclamei no site da Dell, quando estou digitando um texto longo é o maior problema, pois tenho que conferir tudo que foi digitado, pois altera toda a sequencia das palavras, já estou arrependido de ter comprado esta máquina, as anteriores que eu tive da HP e Positivo nunca aconteceu.

  5. 5 Tecaem 27/11/2010 às 12:29

    Hoje em dia já é possível conectar o notebook na tv. Elas possuem entrada HDMI agora.

Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro

RSS

RSS