25/10/08

Mulher é presa após assassinar marido virtual !

Games
Comentários




Uma mulher de 43 anos foi presa no Japão nesta semana por suspeita de assassinar seu ex-marido virtual, ou seja, o seu avatar. Ela ficou tão enlouquecida quando ele sugeriu o divórcio do casamento virtual que logou na conta do sujeito e matou seu personagem. O jogo em questão na ocasião era “Maple Story”. 

A mulher foi presa por suspeita de acesso e manipulação ilegal de dados, e pode pegar até cinco anos de cadeia. “Subitamente eu estava divorciada, sem nenhum aviso sequer. Fiquei muito puta”, disse a professora de piano aos investigadores, ao assumir a culpa pelo homicídio virtual ou suicídio induzido. Apesar do acesso de raiva, ela garantiu que não planejou qualquer tipo de vingança no mundo real. 

A professora foi detida na quarta-feira em sua cidade natal, e transportada pela polícia por mais de mil quilômetros até Sapporo, onde vive o rapaz que teve o avatar assassinado. O funcionário do escritório de 33 anos foi quem chamou a polícia ao perceber que seu personagem estava morto. Segundo a polícia, ele também não sabia que ela era casada na vida real ou seja, se bobear pode ainda encarar uma pena por adultério. 

Jogos virtuais são muito populares no Japão: no famoso Second Life, por exemplo, os japoneses ostentam o terceiro lugar no ranking de jogadores por nacionalidade, atrás apenas dos norte-americanos e brasileiros

Leia Também

Compartilhe

2 comentários
  1. 1 Seu Sagazem 25/10/2008 às 12:16

    Que comédia ….

    Porém é uma atititude justa, afinal se ela tomou essa atitude virtualmente, que não lesa fisicamente, ela tem problemas em aceitar situações contra a vontade dela. E isso é um passo para cometer uma besteira.

  2. 2 Pedruuhenrikem 27/3/2010 às 10:47

    Comédia mesmo …

    Eu também mandaria prender se matassem um personagem virtual meu … Suashuausaus

Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro

RSS

RSS