11/04/12

Jogos, agora são vendidos na AppStore brasileira

Games, Noticias
Comentários




Nem eu, e ninguém sabe dizer direito o que aconteceu, bom, pleo menos eu acho rs. Desde a última Quinta-feira (05) alguns jogos começaram a praticamente surgir na AppStore brasileira. A notícia se espalhou rapidamente pelas redes sociais do mundo a fora.

Jogos começam a ser vendidos na AppStore brasileira

A demora pela estreia da seção de games não foi sem motivo. Desde que estreou no Brasil, a Apple não havia liberado a venda de nenhum jogo em sua loja virtual. O motivo seria os imbróglios com o governo brasileiro, que exige a classificação indicativa de todos os games comercializados no país. A barreira burocrática não foi aceita pela empresa de Tim Cook, que optou por simplesmente eliminar a seção de jogos da App Store nacional.

É possível visualizar a categoria de Jogos, ainda meio rudimentar, com opções populares como Angry Birds, Draw Something e FIFA 12. Os preços ainda se encontram em dólar e a classificação etária para a maioria dos games é “+4”, que é o mais próximo da indicação “livre”. Alguns outros títulos, no entanto, apresentam a categoria mais rígida, como pode ser visto na foto abaixo.

 

Compramos o jogo Angry Birds Seasonsnormalmente, utilizando cartão de crédito brasileiro. A descrição do aplicativo está em português, apesar de ainda ser breve, com pouco conteúdo. A tendência é que, com a normalização do serviço, tudo acabe se normalizando ao padrão das demais App Stores.

A categoria de games também já aparece na App Store do iPhone normalmente, embora ainda não tenha aparecido no iPad até o momento. Conforme a loja for atualizando, veremos tudo ficar disponível em todos os dispositivos normalmente.

Angry Birds Seasons na App Store brasileira (Foto: Reprodução/Bruno do Amaral)

 

 

Leia Também

Compartilhe

1 comentário
  1. 1 jamesem 15/7/2012 às 01:29

    Não está correta a colocação da vírgula depois de jogos no título da matéria.

Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro

RSS

RSS