02/09/10

Os jovens são mais habilidosos com as novas tecnologias

Curiosidades, Noticias
Comentários




A tese de doutorado da socióloga Lucia Merino UPV / EHU, intitulada “Nativos Digitais: uma abordagem tecnológica para a socialização dos jovens”, disse que os jovens em relação às novas tecnologias “desenvolveram habilidades que as gerações anteriores não desenvolveram”.

Em um comunicado a Universidade do País Vasco explicou que Murphy investigou a relação dos jovens de hoje com as novas tecnologias, e como eles aprendem e conviver com eles, porque “eles são nativos da chamada cultura digital”.

Deste modo, indicou que, com este trabalho, o autor “tentou estabelecer diretrizes que servirão de base para um estudo mais aprofundado no futuro, para os nativos digitais”.

A UPV disse que Murphy tem usado os dados dos Eustat como uma fonte de informação e realizou um estudo etnográfico em que participaram 306 estudantes de 14-17 anos de três escolas em Bizkaia.

Nesse sentido, afirmou que estes alunos estavam sujeitos, nomeadamente, a um questionário preparado ‘ad hoc’ sobre o uso geral de tecnologia, os computadores e a Internet, telemóveis e jogos de vídeo.

Segundo a Universidade do País Vasco, Murphy destacou que “a chamada geração digital tenha sido submetido a uma tecnologia de socialização primária, com videogames como um gateway para ele.”
Assim, a tese salientou que “os jovens entendem as novas tecnologias como algo natural e as utilizam de forma intuitiva”. Além disso, acrescentou que “a tecnologia tem sido socializada por meio de processos de auto-aprendizagem e do conhecimento informal”.

A UPV indicou que “graças a este relacionamento de normalidade com as novas tecnologias, os jovens desenvolveram habilidades que as gerações anteriores carecem como uma maior inteligência visual, o gosto pela hipertextualidade ou o acesso não-linear a informação, a rapidez , maior capacidade de solucionar problemas sem a necessidade de consultar um manual”.

A tese também destacou que “os jovens se socializam pela rede e usam as novas tecnologias como meio de relacionamento e interação, principalmente para o lazer”.

Nesse sentido, a tese disse que “na rede todos podem ser vistos e serem apresentados, que é uma enorme satisfação para os jovens”. Por isso, acrescentou que “eles mesmos assumem práticas na Internet para serem vistos”.

Fonte: 20 minutos

Leia Também

Compartilhe

nenhum comentário
    Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!
Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro

RSS

RSS