21/09/10

Aprenda a mandar tweet de voz

Curiosidades, Noticias
Comentários




Serviço lançado há poucos dias permite deixar um recado de voz no Twitter sem precisar estar conectado à internet. A mensagem pode ser deixada a partir de qualquer telefone fixo ou celular, com apenas uma ligação.

Cadastro

O uso do programa é totalmente gratuito e o cadastro inicial é a única etapa on-line pela qual o usuário precisa passar. É preciso vincular a conta do Twitter ao serviço para, em seguida, o usuário cadastrar um número de telefone e uma senha. O processo é bem rápido e respeita a privacidade dos dados informados.

Recado
Depois disso, deixar um tweet de voz não exige conexão com a internet. Basta ligar para o número informado, deixar o recado e toda a atualização na timeline será automática. Além disso, é possível ouvir e regravar o tuitefone antes de confirmar o envio. Também não há anúncio vinculado ao recado de voz e nem condicionamentos para o uso do serviço.
Caso o usuário não ligue a partir do telefone cadastrado, uma gravação vai solicitar o número previamente informado e sua respectiva senha. Isso garante que mesmo ligando de outro lugar, ou através de uma central telefônica que geralmente faz a chamada sai com um número diferente, seja possível mandar o recado.

Número nacional
Atualmente somente a cidade do Rio de Janeiro conta com um número de atendimento. Entretanto, há previsão de estender o atendimento para outros estados em breve, no modelo de uma única linha nacional ou números para as principais capitais do país. A Samba Ventures busca uma operadora para se associar e agilizar o aperfeiçoamento do serviço.
De qualquer forma, uma alternativa para quem mora fora da cidade e quer usar o serviço é ligar do Skype ou algum serviço de VoIP.

Custo e estrutura
Como a operação é feita por uma startup, as despesas são racionalizadas. O maior custo é o de telefonia, por causa da infraestrutura necessária no mesmo datacenter que recebe as ligações. Por outro lado, os servidores baseados na Amazon Cloud, que são relativamente baratos, ajudam nos custos da operação

O sistema foi projetado para ser escalável e responder ao crescimento da demanda da maneira mais rápida possível. Atualmente, o sistema em fase beta permite até 30 clientes simultâneos, mas, se houver algum problema quanto ao número de usuários usando o serviço ao mesmo tempo será mais um sinal de que o aplicativo está caindo no gosto das pessoas, informa Gustavo Guida, CEO da Samba Ventures.

Retorno financeiro
Dependerá da parceria com a operadora de telefonia. Uma das opções mais prováveis é receber uma porcentagem do valor da receita gerada para a operadora que receber as ligações do Tuitefone. As demais opções vão depender do volume de usuários que vão começar a utilizar o serviço.

Outras redes sociais
Hoje já é possível qualquer pessoa compartilhar um tuitefone no Orkut e no Facebook, por exemplo. As opções para compartilhar ficam ao lado do recado de voz enquanto ele é executado na página do Tuitefone. Mas o foco ainda é no Twitter. No futuro, pode-se expandir o mesmo serviço para outras redes sociais. “No entanto, a atenção da Samba Ventures, nesse momento, é voltada para o lançamento de muitas outras funcionalidades ligadas ao Twitter. O objetivo é gerar uma experiência completa do Twitter pelo telefone”, finaliza Gustavo Guida.

Uso
Para se ter ideia da utilização que os usuários tem feito, perfis de candidatos da atual eleição estão utilizando o Tuitefone para chegar aos eleitores, assim como rádios e portais começaram a divulgar suas promoções via mensagens de voz. É só buscar a palavra “tuitefone” no microblog para ver os exemplos de uso.

Leia Também

Compartilhe

nenhum comentário
    Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!
Comente
  • obrigatório
  • obrigatório | não será divulgado
  • opicional | sujeito à filtro

RSS

RSS